Professores de francês língua estrangeira

Formação de professores

  • Formações para professores de francês são organizadas regularmente em todo o país

  • A Embaixada da França no Brasil organiza formações intituladas « Ensinar com TV5 Monde » a pedido de instituições para um mínimo de 15 e um máximo de 20 professores de francês.

Saber mais : http://apprendre.tv5monde.com/

 

As Universidades BELC são formações internacionalmente reconhecidas, no termo das quais um certificado é outorgado. Acontecem no verão e no inverno na França e, ao longo de todo o ano, no mundo inteiro. Formações direcionadas para as mais atuais técnicas profissionais, encontros com os atores chaves da profissão, espaço de intercâmbio entre pares, a Universidade BELC oferece a oportunidade de descobrir ou aprofundar novas práticas e de apoiar uma evolução de carreira dinâmica.

Saber mais : http://www.ciep.fr/belc

 

Universidade regional BELC em Brasília, fevereiro de 2018

A Université régionale BELC, les métiers du français dans le monde » teve lugar pela primeira vez em Brasília de 3 a 8 de fevereiro de 2018. Foi uma formação intensiva de cinco dias, realizada na Aliança Francesa e destinada aos professores de francês brasileiros e de outros países do continente sul-americano. Teve por objetivo propor aos profissionais do francês uma reflexão em torno de novas práticas e de novas ferramentas para melhor enfrentarem os desafios aos quais se confronta este setor. O programa comportou diversos módulos para um total de 30 horas de formação por participante. As formações foram assumidas por especialistas em didática do francês como língua estrangeira, encarregados de programas ou profissionais associados ao CIEP. Depois desta formação em Brasília, um certificado onde se mencionam os módulos realizados e o volume horário foi emitido pelo CIEP para cada participante.

Site : http://www.ciep.fr/belc/universites-regionales/brasilia-2018

Facebook : https://www.facebook.com/universiteBELCBrasilia/

 

Bolsas e programas

  • Programa de assistentes de língua portuguesa na França

O objetivo geral do programa é oferecer a oportunidade a estudantes brasileiros de familiarização com a língua e a civilização francesas, levando às escolas e aos estabelecimentos franceses a autenticidade de sua língua e a riqueza de sua cultura.

Desta forma, o programa contribui para a mobilidade estudantil e oferece uma possibilidade de formação e um início de profissionalização, trazendo um inegável valor ao percurso universitário dos estudantes.

O papel do assistente é melhorar as competências em comunicação dos alunos nas escolas francesas onde atuará (principalmente na linguagem oral) e aprofundar o conhecimento que possuem da cultura brasileira. Ele trabalha em apoio aos professores de português e pode atuar na sala de aula completa ou junto a pequenos grupos de alunos.

As especificidades do assistente (sua idade, sua condição de estudante) permitem incentivar os alunos a se expressar oralmente, dar uma dimensão lúdica ao aprendizado e debater os temas socioculturais suscetíveis de interessar crianças e adolescentes.

Os assistentes de língua são nomeados nas instituições escolares francesas por um período de sete meses. Todos os anos, a partir do lançamento de editais, cerca de 30 assistentes seguem para França dos quais dez vão para a Guiana Francesa.

Link para o guia prático dos assistentes : http://www.ciep.fr/sources/assistants-etrangers-france/guide-assistant-de-langue-en-france-2018-2019/

 

  • As bolsas destinadas aos « Estágios pedagógicos de curta duração »

No âmbito das ações de formação continuada dos professores de francês, a Embaixada da França no Brasil concede bolsas de aperfeiçoamento pedagógico que proporcionam aos professores uma formação linguística e/ou didática na França por um período de duas a quatro semanas. Estas formações são dirigidas a professores que já possuem um bom nível de língua francesa e que queiram aperfeiçoar-se no ramo da metodologia do ensino da língua e da cultura francesa e do desenvolvimento das competências linguísticas na didática do francês como língua estrangeira. Estes estágios pedagógicos são dispensados num centro de formação reconhecido na França, como é o caso das Universidades BELC, do Centre d’Approches Vivantes de Langues et des Médias (CAVILAM) ou do Centro de Linguística Aplicada (CLA).

 

  • Programa dos leitores de francês no Brasil

O objetivo geral do programa é fazer uma preparação linguística e cultural de estudantes brasileiros para a realização de intercâmbios universitários na França, graças ao trabalho de jovens profissionais, leitores de francês língua estrangeira.

Todos os anos, cerca de 20 leitores vêm ao Brasil para ministrar aulas de francês em universidades e institutos federais e nas escolas bilíngues durante 9 meses. Nas atividades que desenvolvem, possuem uma carga horária de ensino semanal de 12 horas, e um máximo de 6 horas para ações de cooperação linguística, educativa e/ou cultural.

Ao mesmo tempo em que estes jovens levam aos estabelecimentos brasileiros a autenticidade de sua língua e a riqueza de sua cultura, o programa também lhes oferece a oportunidade de familiarização com a língua e a civilização brasileiras.  

 

Recursos

Centros de línguas parceiros na França: