Saúde

A cooperação em matéria de saúde pública realizada entre a França e o Brasil a partir de 1989 está estruturada ao redor de dois eixos principais: a luta contra a AIDS e a segurança transfusional. Mais de 200 especialistas em AIDS da área da saúde foram formados no âmbito dessa cooperação, e vários outros programas de pesquisa conjunta com a Agência Nacional de Pesquisa sobre a AIDS e as hepatites foram criados. A saúde transfronteiriça com a Guiana Francesa também é um tema importante de trocas. Um enquadramento político foi dado a essas parcerias com a assinatura de um Protocolo de Intenções em 2015 bem como a organização do primeiro Comitê Franco-brasileiro de Saúde. O campo da cooperação sanitária bilateral estendeu-se assim aos temas da governança dos sistemas de saúde, das cooperações inter-hospitalares, das doenças crônicas e da epidemiologia. O Brasil e a França também cooperam na área de nutrição no âmbito de um projeto de cooperação em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).